Conhecida em todo o Brasil, é a praia mais famosa do município. A Praia do Morro tem 3 Km de extensão e fica no lado norte da cidade. Famosa também pelo seu peixe frito, a praia teve o paisagismo refeito pelo governo do estado e agora está preparada para dar mais conforto ao turista.
Frequentada por celebridades e um público jovem, Bacutia compõe a Enseada Azul juntamente com as praias de Guaibura, Peracanga e Mucunã. Mar de águas calmas em que se formam piscinas naturais na maré baixa.
Com aproximadamente 200m de extensão, acredita-se que o alto teor de radioatividade de suas areias monazíticas é benéfico para o tratamento de doenças como reumatismo e artrite, o que a torna procurada por idosos que se cobrem de areia em busca de suas propriedades medicinais.
O núcleo inicial da povoação foi uma antiga taba goitacás, onde Anchieta erigiu uma capela em honra a Sant’Ana, e a residência dos missionários. Em 1677, o donatário Francisco Gil de Araújo levantou a igreja de Nossa Senhora da Conceição. A vila foi criada em 1679, com o nome da padroeira, cuja festa se comemora em 8 de dezembro. Tornou-se cidade em 1891. A antiga vila fundada pelo Padre José de Anchieta em 1585 é hoje o principal pólo turístico do Espírito Santo. No final do século XIX, colonos europeus (italianos, em sua maioria, que aportaram no Rio Benevente) se instalaram no interior do município, fundando as localidades de Todos os Santos, Rio Calçado entre outras. A principal atividade econômica dessas famílias era o café além do plantio que faziam para a própria subsistência.
Em meados dos anos 1960/1970 Guarapari tornou-se nacionalmente famosa em decorrência das propriedades medicinais de suas areias monazíticas. Por este motivo houve uma onda turística crescente em torno da cidade. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Guarapari
2 3 2 3 2 3 2 3 4 5